Conheça Adriana Melo, primeira pesquisadora a comprovar a associação do zika vírus com a microcefalia

Quando o surto de microcefalia explodiu no Brasil, uma médica do interior da Paraíba deu um passo fundamental para esclarecer o mistério sobre as causas da malformação dos bebês. Adriana Melo foi a primeira pesquisadora a comprovar a associação entre o vírus zika e a síndrome que apavora as gestantes. ZH foi a Campina Grande acompanhar a rotina extenuante desta profissional que perde o sono planejando formas de ajudar as mães, paga do próprio bolso exames de pacientes e já é reconhecida como figura chave para entender e combater um mal que se transformou em emergência mundial.

Confira a reportagem completa

http://zh.clicrbs.com.br/especiais-zh/a-mulher-que-ligou-os-pontos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *